A Macy's, Inc. está reabrindo gradualmente as lojas, sendo a segurança uma prioridade máxima. Macy's, Inc. COVID-19 Resposta e Perguntas frequentes

Macy's Chicago State Street Storefront

A fascinante história de Macy’s na Chicago State Street

Artigo

As majestosas características arquitetônicas da Macy’s da State State, em Chicago, são uma prova de sua rica história de inovação e sucesso no setor de varejo.

O esplendor ao estilo do velho mundo do edifício da Macy’s da rua State, em Chicago, não revela à primeira vista a natureza de vanguarda dos artigos de moda e decoração que enchem todo o seu elegante espaço. Colunas de granito se elevam diante de sua estrutura de nove andares em volta da charmosa entrada principal, e dois enormes relógios se destacam nas esquinas da loja nas ruas Randolph e Washington.

Os visitantes que passam por seu majestoso pórtico têm a oportunidade de voltar no tempo, graças a diversos exemplos extraordinários e únicos de arte: os espaços estão repletos de ricos elementos arquitetônicos que vão de reluzentes lustres austríacos e painéis em nogueira circassiana a uma harmoniosa fonte interna e uma imponente cúpula de vidro no teto.

Uma rica história: Marshall Field’s

Inaugurada em 1893, a construção em estilo neorrenascentista foi projetada por Charles B. Atwood da renomada empresa de arquitetura D.H. Burnham & Company, servindo inicialmente como o lar de outra inovadora loja: a Marshall Field’s. A Macy’s adquiriu e rebatizou a loja de departamentos Marshall Field’s em 2006, recriando-a como o estabelecimento principal da empresa na região centro-oeste dos EUA.

O grandioso edifício da loja, que evoluiu ao longo de 22 anos (de 1892 a 1914), é a estrutura perfeita para um empreendimento de varejo que foi responsável por muitas inovações notáveis. O prédio histórico possui diversos átrios e foi considerado um Marco Histórico Nacional e listado no Registro Nacional de Locais Históricos em junho de 1978.

Da mesma forma que R. H. Macy, fundador da Macy’s, Marshall Field, criador da loja com mesmo nome localizada na rua State, foi um verdadeiro pioneiro no setor de varejo. Ele nasceu no ano de 1835 em Conway, Massachusetts, e chegou a Chicago em 1856, quando começou a trabalhar como funcionário de estoque da Potter Palmer and Company. Posteriormente, entrou para a Cooley, Wadsworth and Company, onde ascendeu rapidamente até, em 1867, tornar-se um dos proprietários da Field and Leiter, que viria a se tornar Marshall Field’s em 1881.

Reconhecido como gestor com grande visão de futuro, Field foi o primeiro grande empresário do varejo a trabalhar com crédito rotativo, entrega gratuita, garantia de reembolso e restituição incondicional, funcionárias mulheres, um escritório de compras na Europa, listas de presentes de casamento e restaurantes e sessões de autógrafos de livros dentro da loja.

Características criativas

Estas são algumas das características arquitetônicas do edifício da Marshall Field & Company na rua State que os visitantes não podem perder:

Macy's Chicago State Street Ceiling

O teto Tiffany

Quem visita a loja da Macy’s não consegue deixar de olhar para cima ao caminhar pelo departamento de cosméticos, no primeiro andar: ele oferece, de longe, a visão de um cintilante teto abobadado que cobre 560 metros quadrados e é composto de 1,6 milhão de peças de vidro iridescente. O quinto piso proporciona uma vista mais aproximada que é simplesmente impressionante.

O teto da cúpula foi projetado pelo renomado artista de vidros Louis Comfort Tiffany (trata-se do maior mosaico de Tiffany existente) e produzido por um grupo de 50 artesãos, que trabalharam no topo de andaimes durante mais de 18 meses para concluir o projeto.

Os grandes relógios

Macy's Chicago Great Clocks

Os visitantes costumam marcar seus encontros nos grandes relógios localizados em cada esquina do edifício. O primeiro deles foi instalado em 1897, na esquina da State com a Washington.

Reza a lenda que Marshall Field decidiu que essa esquina deveria ter um relógio após ter descoberto anotações, nas recém-instaladas vitrines de vidro da loja, indicando horários e locais de encontro de amigos, familiares e colegas de trabalho. Field concluiu que um relógio poderia servir como ponto de encontro para compradores, além de dar-lhes uma referência de tempo.

Não demorou muito para que o jornal Chicago Tribune noticiasse que mulheres da cidade combinavam de se encontrar sob o relógio da Marshall Field’s.

Como resultado da crescente popularidade do relógio, um segundo foi instalado em 1902 na esquina da State com a Randolph. Durante cinco anos, os dois tiveram um desenho diferente, até que, em 1907, o modelo original da State com a Washington foi substituído por um relógio idêntico ao segundo.

Com design de Pierce Anderson, que trabalhou para a empresa que projetou o edifício, cada um dos relógios é feito de quase oito toneladas de bronze fundido suspensas por ferro ornamental. Originalmente, as peças eram pretas, mas ganharam o visual de pátina verde ao longo do tempo. Os dois são operados por impulso a partir de um relógio mestre localizado na loja e que é verificado duas vezes ao dia de acordo com o horário de Arlington, corrigindo os relógios externos a cada hora.

A fonte Burnham

Outro elemento arquitetônico de grande destaque na loja é a fonte Burnham, também conhecida como a “Fonte Perdida”. Ela é feita de seis toneladas de ferro fundido e armazena 2.650 litros de água.

Embora o projeto original do edifício da rua State previsse essa fonte, Marshall Field optou por não a incluir na construção. Mas, durante a restauração do prédio cem anos mais tarde, foi encontrado o projeto original, e decidiu-se que a fonte Burnham seria um perfeito toque final para um novo átrio adicionado em 1992. E ela também funciona como um ótimo ponto de encontro na loja.

The Walnut Room

Ninguém que entra na loja da Macy’s na rua State deixa de conferir o grandioso restaurante Walnut Room, com seu deslumbrante revestimento em nogueira circassiana (instalado há mais de cem anos) e lustres austríacos.

Walnut Room Chicago

Esse foi o primeiro restaurante instalado em uma loja de departamentos, além de ser o restaurante com o mais longo período de funcionamento contínuo de todo o país. Ele foi aberto em 1907 como South Tea Room e, em 1937, tornou-se conhecido como Walnut Room. Todo ano, uma árvore de 14 metros de altura – conhecida como a “Grande Árvore” – enfeita o restaurante de final de novembro a início de janeiro e ilumina o espaço com 15 mil lâmpadas e 1.200 enfeites temáticos.

A criação do restaurante é atribuída à Sra. Hering, uma empreendedora associada de vendas do departamento de chapelaria. Conta a história que ela compartilhou seu almoço, um empadão caseiro de frango feito com uma receita de sua avó, com um cliente faminto que, de tão agradecido, convenceu a Sra. Hering a preparar mais empadões e convidou alguns amigos para comer e ver os chapéus mais novos da loja no dia seguinte. Dizem que Marshall Field, ao ouvir a risada ecoar da sala interna do departamento de chapelaria, foi ver o que estava acontecendo e decidiu que deveria abrir um salão de chá. O empadão de frango da Sra. Hering, elaborado com uma receita transmitida por sua avó, é até hoje um dos pratos mais pedidos do cardápio do Walnut Room.

A Macy’s preserva e explica as tradições históricas

A Macy’s manteve diversas tradições queridas lançadas por Marshall e criou visitas guiadas especiais que permitem aos visitantes conhecer as impressionantes características arquitetônicas e a fascinante história de sua loja localizada na rua State, inclusive suas permanentes inovações. Há três opções de passeio:

Passeio histórico e almoço no Walnut Room – Esta experiência completa no edifício histórico de Marshall Field inclui um passeio histórico pela loja de 60 minutos (veja a descrição a seguir) e almoço no Walnut Room. Custo: US$ 40 por pessoa. Contato: [email protected]

Passeio histórico pela loja – Estão entre os destaques deste passeio de 60 minutos o teto Tiffany, a fonte Burnham, o Walnut Room e uma degustação de chocolates de menta Frango®. Custo: US$ 12 por pessoa. Horário: Todas as sextas-feiras às 11h30. Contato: [email protected]

Passeio das tradições festivas – Este passeio de 60 minutos aborda a história das tradições festivas da Macy’s, incluindo a Parada do Dia de Ação de Graças da Macy’s, as vitrines animadas da loja, a “Grande Árvore” de dois andares localizada no restaurante Walnut Room e uma degustação de chocolates de menta Frango®. Custo: US$ 12 por pessoa. Horário: Sextas-feiras de novembro e dezembro às 11h30. Contato: [email protected]

Os visitantes podem reservar esses passeios e obter informações sobre outros aspectos do estabelecimento e da cidade no Centro de Informações a Visitantes de Chicago, localizado na loja.